Dicas para VOCÊ tirar fotos de seu Bebê

Estes dias fotografei uma nenêm linda que está fazendo 1 aninho agora em Novembro. O nome dela é Valentina, e é uma princesinha. Nos primeiros cliques eu consegui resultados deliciosos, e ficamos muito satisfeitos com o trabalho final, na qual será utilizado em toda decoração da Festinha e no álbum de fotos.

Quando terminei a sessão, a mãe veio me questionar o seguinte: Como ela poderia tirar fotos de sua própria criança sem ser profissional ou ter uma câmera profissional. Pois cada movimento, cada segundo, merece um Flash. Crianças crescem rápido demais e precisamos aproveitar cada detalhe, neh? Dai pensei e resolvi compartilhar algumas dicas que fui colecionando internet afora que valem toda atenção e todo o estudo… 🙂

Que mãe não perde a noção do tempo quando está com uma câmera na mão registrando cada momento do seu bebê? A saída da maternidade, a chegada em casa, o soninho, a hora de mamar, primeiro sorriso, o choro, o nascimento dos dentinhos, os primeiros passos, os brinquedos e as brincadeiras, o colo da mamãe, do papai, dos vovôs e vovós, os passeios, festinhas, aniversários… Tudo isso é absolutamente natural, afinal eles são mesmos muito lindinhos e essas são as lembranças que ficarão guardadas para sempre.Vai algumas dicas para não perder nenhum momento:

Fotos naturais ou posadas?

Depende da situação. Com bebês muito novinhos é mais fácil fazer fotos posadas, bem fofas, pois eles estão mais molinhos e dormem mais. Mas a criança tem uma espontaneidade deliciosa de registrar e surpreendem até nas fotos posadas. Se ela estiver brincando, por exemplo, registre sem que ela perceba e depois chame-a, faça outra foto (ou outras, já que mães dificilmente clicam uma vez só) e depois veja o resultado, mas já pegou os dois momentos.

Como fazer o bebê olhar para a câmera?

Não existe uma técnica. Grande parte das crianças é fascinada pelo próprio flash. Muitas vezes elas começam a rir quando veem o flash. Aí o truque é tirar duas fotos, uma para chamar a atenção e rir, outra para registrar.

E para fazê-lo sorrir?

Geralmente a mãe sabe o que faz o bebê começar a rir. Uma vez fotografei um bebê de três meses que começara a rir quando a mãe conversava com ela dizendo que era uma princesa… Mas se a mãe não tiver nenhum truque, tem que ir testando. Vale careta, música, imitação, mas tem hora que nada vai adiantar. Aí é melhor parar e esperar um momento melhor.

O flash pode incomodar?

O flash não é algo prejudicial, mas também não é bonito. A foto fica melhor quando a luz não é direta. Colocar uma folha de papel ou guardanapo na frente do flash já muda a foto, a luz fica mais bonita.

Qual é o posicionamento ideal para uma boa foto?

A distância depende do que se quer. Se quer um close, chegue mais perto; se quer corpo inteiro, dê um passinho para trás. E é importante estar na mesma altura da criança.

Como evitar fotos borradas?

Isso ocorre com fotos em movimento. Se tiver usando uma câmera automática, quanto mais luz, melhor. Assim a câmera entende a velocidade e precisa ser rápida, o que evita fotos borradas.

Monte um álbum com as fotos mais legais:

É difícil escolher as melhores fotos, mas, de uma sequência parecida, escolha uma ou duas. Geralmente as fotos de uma sequência são bem parecidas, então se obrigue a ir eliminando, senão seu álbum ficará praticamente igual.

Estas dicas foram tiradas do Site e vale a pena experimentar! 🙂

Boas Fotos